CANCIÓN POR LA UNIDADE DE LATINO AMÉRICA. PABLO MILANÊS E CHICO BUARQUE

E quem garante que a História
É carroça abandonada
Numa beira de estrada
Ou numa estação inglória

A História é um carro alegre
Cheio de um povo contente
Que atropela indiferente
Todo aquele que a negue

É um trem riscando trilhos
Abrindo novos espaços
Acenando muitos braços
Balançando nossos filhos


quinta-feira, 19 de maio de 2011

Plano de aulo: Ciclo do ouro - Tiradentes: o mártir da República

Autor e Co-autor(es)

imagem do usuário vanessa maria rodrigues viacava
CURITIBA - PR NTE - CURITIBA - (CETEPAR)
Eziquiel Menta

Estrutura Curricular

Modalidade / Nível de Ensino Componente Curricular Tema
Ensino Médio História Poder
Ensino Fundamental Final História Nações, povos, lutas, guerras e revoluções
Ensino Fundamental Final História Cidadania e cultura no mundo contemporâneo
Ensino Médio História Cultura
Ensino Médio História Memória

Dados da Aula

O que o aluno poderá aprender com esta aula
Os alunos poderão compreender e analisar a organização do movimento denominado Inconfidência Mineira, identificar os ideais defendidos pelos inconfidentes e problematizar a figura do líder do movimento.
Duração das atividades
3 aulas de 50 minutos
Conhecimentos prévios trabalhados pelo professor com o aluno
Os alunos deverão conhecer os seguintes conteúdos: Iluminismo, Revolução Francesa e Independência dos EUA.
Estratégias e recursos da aula

Imagem 1
Disponível em: http://alanpatrick20.wordpress.com/page/2/ Acesso em: 03/11/10 

Imagem 2
Disponível em: http://meumestreinterior.blogspot.com/2009/10/suastica.html Acesso em: 03/11/10 
Para iniciar uma discussão sobre a noção de símbolo e construção de significados, o professor exibirá as imagens 1 e 2. Ambas as figuras representam suásticas e, embora se definam com o mesmo nome, possuem significados distintos. A imagem 1 consiste na suástica nazista, um símbolo que denota violência, preconceito e intolerância. A imagem 2 corresponde ao símbolo sagrado para determinadas religiões do extremo oriente.

A exibição das imagens suscitará uma discussão sobre a concepção de símbolo e como são definidos e, por vezes, ressignificados.  
ATIVIDADE 1
Para determinar o significado dos símbolos previamente exibidos, o professor organizará a turma em pequenos grupos de três a quatro componentes a fim de organizar uma pesquisa sobre os símbolos do Brasil. A pesquisa terá como propósito a organização de uma feira cultural a ser exibida para toda a escola.
Como exemplos de tais símbolos sugere-se:
  1. O hino nacional.
  2. A bandeira nacional.
  3. O futebol.
  4. O samba
  5. A feijoada.
  6. Brasília.
  7. Rio de Janeiro.
  8. Carmem Miranda.


A feira cultural poderá envolver professores de outras disciplinas, especialmente os professores de arte, língua portuguesa e sociologia. Os alunos poderão divulgar a feira através de cartazes espalhados pela escola e através da distribuição de panfletos convidando os colegas a comparecer na exibição de seus temas.

Imagem 3

Disponível em: http://www.diaadia.pr.gov.br//tvpendrive/arquivos/File/imagens/2010/historia/agosto/tiradentescondenacao.jpg Acesso em: 03/11/10 


Imagem 4

Disponível em: http://www.diaadia.pr.gov.br//tvpendrive/arquivos/File/imagens/2010/historia/agosto/tiradentes_americo.jpg Acesso em: 03/11/10 


Imagem 5


Disponível em: http://www.diaadia.pr.gov.br//tvpendrive/arquivos/File/imagens/2010/historia/agosto/tiradentes_alferes.jpg Acesso em: 03/11/10 

ATIVIDADE 2

A imagem de Tiradentes como um mártir da República foi criada pelos republicanos que precisamos de um herói para reforçar suas convicções. Conforme a tese do historiador José Murilo de Carvalho,  a escolha de Tiradentes como símbolo da República se deu a partir de uma proposta de ressignificação da imagem do revolucionário mineiros, os defensores do republicanismo.
O professor exibirá as imagens 3, 4 e 5 os alunos deverão responder as seguintes questões (as respostas deverão ser registradas no caderno).
  1. Qual personagem foi retratado nas imagens acima?
  2. As pinturas foram fieis às características de Tiradentes? Justifique.
  3. Enquanto obras de arte, qual o compromisso do artista em representar a realidade?
  4. Reflita: Por que uma imagem pode produzir significado?

Depois de feitas estas primeiras observações, os alunos formarão grupos de 4 ou 5 componentes a fim de realizar um debate sobre as duas definições de Joaquim José da Silva Xavier: a de mártir da República, o Tiradentes que morreu por uma causa, e a imagem de um simples alferes revolucionário que não desejava o fim da escravidão e lutava pela independência para combatente os impostos cobrados sobre o ouro de Minas Gerais.
Metade dos grupos buscará elementos que valorizem a ideia de herói da pátria; enquanto os outros grupos buscarão argumentos que rebatem esta concepção. Os pequenos grupos se juntarão em dois grandes grupos para a realização de um tribunal, onde cada grande grupo poderá eleger seus advogados.
Para ilustrar os argumentos sobre as posições contrárias, os alunos poderão realizar encenações e mostrar evidências  (fotos, vídeos e textos) sobre a Inconfidência Mineira.
Neste tribunal, o professor assumirá o papel de juíz e convidará outros professores ou alunos de outras turmas para exercerem o papel de jurados, ao total, deverão ser 12 pessoas.
O tribunal deverá seguir a seguinte ordem: o professor apresentará as posições de cada grupo e eles terão 15 minutos para a explanação. Depois disso, os alunos advogados (de defesa e de acusação) poderão chamar duas testemunhas para depor, sendo disponibilizados 5 minutos para cada testemunha.
Ao final da aula, os jurados deixarão o tribunal fictício para elaborar um veredicto que será lido pelo juiz depois desse intervalo.
Os alunos poderão filmar esse tribunal e tirar fotos para expor na semana cultural da escola em forma de arquivo digital editado no software movie maker ou kino.
Sobre o movie maker:
O Windows Movie Maker é um software de edição de vídeos da Microsoft. Atualmente faz parte do conjunto de aplicativos Windows Live, chamado de Windows Live Movie Maker (apenas disponível para Windows Vista e 7).
Disponível para download: http://www.baixaki.com.br/download/windows-live-movie-maker.htm       
Sobre o kino:
O kino é um programa livre para edição de vídeo não-linear voltado para captura de vídeo via placa IEEE-1394 (também conhecida como FireWire ou i.Link), manipulação básica, reprodução e exportação de arquivos de vídeo e áudio em vários formatos: Raw DV, DV AVI, still frames, WAV, MP3, Ogg Vorbis, MPEG, DivX, entre outros. Considerado um programa estável, a simplicidade deste software é sua principal característica.
Disponível para download: http://www.baixaki.com.br/download/kino.htm    


Sítios sugeridos para a realização da pesquisa:
Disponível em:  http://www.satc.edu.br/satc/fotos/o_mito_do_tiradentes.pdf Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://historia.abril.com.br/gente/joaquim-jose-tiradentes-539853.shtml Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://relacoesdiplomaticas.wordpress.com/2010/01/17/resenha-do-livro-a-formacao-das-almas-de-jose-murilo-de-carvalho/ Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://www.historiaegenealogia.com/2010/04/o-professor-jose-murilo-de-carvalho.html Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/viewFile/1946/2194 Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://visaoglobal.org/2008/04/24/a-construo-de-um-mito-afinal-quem-foi-o-tiradentes/ Acesso em: 03/11/10 
Disponível em:  http://educacao.uol.com.br/historia-brasil/ult1689u9.jhtm Acesso em: 03/11/10 

Imagem 6: Mão Molenga Teatro de Bonecos

Disponível em: http://www.fundaj.gov.br/video/colonia.html Acesso em: 03/11/10 
Segredos da inconfidência 

Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=1278 Acesso em: 03/11/10 
Episódio do Brasil 500 anos: o Brasil-Colônia na TV, exibido pela TV Escola. Trata da Inconfidência Mineira, ocorrida na então capitania brasileira de Minas Gerais.


Tiradentes [Construtores do Brasil] 

Disponível em: http://portaldoprofessor.mec.gov.br/fichaTecnica.html?id=28865 Acesso em: 03/11/10 
A série "Construtores do Brasil", produzida pela TV Câmara, mostra a biografia de 25 personalidades que tiveram papel importante na formação política, histórica e geográfica do país. Nesse episódio, Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes. Foi um dentista, tropeiro, minerador, comerciante, militar e ativista político que atuou no Brasil colonial, mais especificamente nas capitanias de Minas Gerais e Rio de Janeiro. No Brasil, é reconhecido como mártir da Inconfidência Mineira, patrono cívico do Brasil. O dia de sua execução, 21 de abril, é feriado nacional.
Palavras-chave: relações culturais, relações de poder, mineração, inconfidência mineira, pacto colonial.


ATIVIDADE 3
O professor exibirá os dois vídeos sobre a Inconfidência Mineira e, enquanto assistem os vídeos, os estudantes deverão observar o roteiro elaborado pelo professor.
Para acompanhar a exibição dos vídeos acima, os alunos deverão responder as seguintes questões em seus cadernos:
  1. Onde aconteceu a inconfidência mineira?
  2. Quais eram as reivindicações dos inconfidentes?
  3. Como foram punidos os revolucionários?
  4. Por que dia 21 de abril comemoramos o dia de Tiradentes?

Para concluir as questões propostas nesta aula, os alunos retomarão as conclusões realizadas durante a atividade 2 e realizarão uma exposição em forma de jornal mural sobre o símbolo Tiradentes. Nesse momento, os alunos deverão considerar este personagem não como verdadeiro ou falso, apenas como um mito forjado num contexto onde havia (ou pelo menos se imaginava que havia) a necessidade de produzir um símbolo máximo do republicanismo.

Imagem 7: exemplo de jornal mural

Disponível em: http://www.construirnoticias.com.br/asp/materia.asp?id=504 Acesso em: 04/11/10     
REFERÊNCIAS
BALLAROTTI, Carlos R.  A Construção do mito de Tiradentes:de mártir republicano a herói cívico na atualidade.
Disponível em: http://www.uel.br/revistas/uel/index.php/antiteses/article/viewFile/1946/2194 Acesso em: 03/11/10 
CARVALHO, José M. de. A formação das almas: o imaginário da República no Brasil. São Paulo: Companhia das Letras, 1999.
CHIAVENATO, Julio J. Inconfidência mineira: as várias faces. São Paulo: Contexto, 1992.
FAUSTO, Bóris. História do Brasil. São Paulo: Edusp, 2008.
Recursos Educacionais
Nome Tipo
Segredos da inconfidência Vídeo
Tiradentes [Construtores do Brasil] Vídeo
Recursos Complementares
Filmes
Os Inconfidentes. Brasil, 1972.  Direção: Joaquim Pedro de Andrade.
Tiradentes. Brasil, 1998. Direção: Oswaldo Caldeira..
Avaliação
O professor deverá apresentar e discutir com a turma os critérios de avaliação. Cada conceito deve ser explicitado e aprovado pelo grupo de alunos.  Para auxiliar na avaliação sugerimos alguns critérios:       
  1. participação durante as discussões;     
  2. comprometimento com o grupo;     
  3. argumentação durante o debate;     
  4. respeito a opinião dos colegas;   
  5. empenho para concluir as atividades;   
  6. domínio do tema.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

E aê? Gostou do texto? Não? Mas fique a vontade para fazer sua crítica.

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Sites e Blogs